sexta-feira, julho 22, 2005

Conseqüência

Por conta de tanta generosidade com o dinheiro público, a Procuradoria Geral da República ajuizou no Superior Tribunal de Justiça (STJ) uma ação na qual acusa de corrupção passiva o governador Simão Jatene, juntamente com Francisco Sérgio Belich de Souza Leão, atual secretário especial de Governo; Teresa Luzia Mártires Coelho Cativo Rosa, atualmente secretária especial de Gestão; e Roberta Ferreira de Souza, na época secretária executiva da Fazenda, em exercício.
Na mesma ação, Konrad Karl Seibel, o “Alemão”, é acusado de corrupção ativa e falsidade ideológica.

1 Comments:

At 2:28 PM, Blogger 23x8 said...

Membros do Ministério Público Estadual que tiveram acesso ao processo da Cerpasa-Jatene-Arbage-Sérgio Leão ficaram impressionados com a gravidade do mesmo.
O problema que esse Ministário Público do Pará,arrasado pelas administrações Crespo e Santino,não demonstra isenção para levar o caso mais adiante.Um nôjo.

 

Postar um comentário

<< Home