quarta-feira, julho 20, 2005

Criatividade

Na eventualidade do ex-governador Almir Gabriel (PSDB) sair novamente candidato ao governo do Pará, em 2006, espera-se maior criatividade dos marketeiros tucanos.
O slogan tucano utilizado na reta final da campanha de 1998 no Pará (“Almir faz, Almir fica” ) soou para muitos como clonagem dos slogans utilizados por um dos mestres do marketing político, José Eduardo Mendonça, o incensado Duda Mendonça, naquele mesmo ano, para Paulo Maluf (“Foi Maluf que fez”), em São Paulo; para Eduardo Azeredo (“O programa Luz de Minas, ele fez! Duplicação da Fernão Dias, ele fez! E as Avenidas Sanitárias, ele também fez!"), em Minas Gerais; e para Miguel Arraes ("Foi Arraes que fez, Arraes que faz e fará mais"), em Pernambuco.