sexta-feira, julho 29, 2005

Jornal Pessoal 2

Com o rigor da informação que é a marca registrada de Lúcio Flávio e a abordagem prospectiva, sem as amarras das injunções comerciais e políticas que (tanto) cerceiam a grande imprensa no Pará, o “Jornal Pessoal” registra para a História tudo aquilo que os poderosos de plantão e seus coadjuvantes tentam escamotear do distinto público.
Nesta última edição merece registro a matéria de Lúcio Flávio sobre a falta que faz, para a imprensa paraense, e aos amigos que tiveram o prazer de com ele conviver, Edwaldo Martins, o saudoso Didi, que conferiu credibilidade ao colunismo social no Pará.