terça-feira, julho 19, 2005

Mordomia

Uma graduada funcionária do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), cacifada pelo sobrenome ilustre, vale-se, frequentemente, de veículos do órgão para mandar comprar no Ver-o-Peso e deixar no conjunto Júlia Seffer grandes quantidades de coco, destinadas a abastecer a venda do cunhado.
A fonte da informação, de reconhecida credibilidade, é do próprio TCM.

1 Comments:

At 8:49 AM, Blogger 23x8 said...

Mas mano,assim não dá.
Dá uma dica,vai!

 

Postar um comentário

<< Home