quarta-feira, agosto 31, 2005

De olho na pizza

Da coluna "Painel", da edição desta quarta-feira, 31, da "Folha de S. Paulo" (acesso restrito a assinantes do jornal e do UOL, no endereço eletrônico www1.folha.uol.folha.br.fsp/):

Ensaio geral 1

“Em prévia da pizza que ameaçam promover, os membros da Mesa da Câmara se reuniram recentemente para decidir o que fazer com o caso do deputado Paulo Marinho (MA), cuja cassação já havia sido determinada pelo Supremo Tribunal Federal.

Ensaio geral 2

“No encontro, o corregedor Ciro Nogueira (PP-PE) e Severino queriam dar prazo para Paulo Marinho se defender, apesar de a decisão do STF ser liminar. Só quando membros da Mesa ameaçaram pedir ata da reunião eles desistiram da manobra.

Moral da história

“No final, Severino Cavalvanti se revelou o melhor amigo de Lula. Prepara a pizza dos "mensaleiros", concentrando a ira do público sobre o Congresso, enquanto o presidente sai do foco e fica livre para se dedicar exclusivamente à sua reeleição.

Lixo atômico 1

“Sem alarde, emissários do Planalto garimpam ajuda no Congresso para salvar José Dirceu da cassação. A súbita generosidade coincide com a boa memória exibida pelo ex-ministro em conversas recentes.

Lixo atômico 2

“Dirceu, que já havia lembrado ao mundo ter sido Lula, e não ele, o inventor de Delúbio Soares, agora recorda que a famigerada base aliada foi construída conforme o desejo do presidente e à revelia de seu "capitão", que defendia entendimento preferencial com o PMDB.”