terça-feira, agosto 30, 2005

Novela

A fonte recorda que o termo de doação do terreno envolveu até a extinta UAP (União Acadêmica Paraense), entidade que até o golpe militar de 1964 era o epicentro da efercência do movimento universitário.
A destinação do terreno, resumindo, constitui-se em uma novela aparentemente sem fim.
Uma das alternativas cogitadas, mas que não prosperou, foi a construção de um prédio de apartamentos para funcionários do próprio Banco da Amazônia, revela ainda a fonte privilegiada.