sábado, agosto 27, 2005

Ônus

Não é só o desgaste da legenda que explica as manifestações de hostilidade endereçadas à senadora Ana Júlia Carepa (PT/PA), na posse do novo reitor da Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA), conforme registra a coluna “Repórter 70”, de “O Liberal”, em sua edição deste sábado, 27.
O desgaste natural de quem exerce o poder existe, sim, e dele se ressente a senadora, por pertencer ao PT. Mais que isso, porém, provavelmente contribui para tanto o comportamento errático de Ana Júlia, de resto evidenciado, pelos seus adversários, na disputa pela Prefeitura de Belém, em 2004.