quinta-feira, agosto 04, 2005

Urbanidade

São tantas as reclamações, que convém o Sistema Único de Saúde (SUS) submeter a um provão de urbanidade – com urgência - a endocrinologista da Santa Casa que fornece autorização para que os pacientes submetidos a tratamento com hormônio do crescimento possam receber a medicação, que é controlada e fornecida unicamente pelo Hospital Barros Barreto.
Irascível e, sobretudo, mal-educada, a tal endocrinologista trata de forma acintosamente grosseira os familiares dos pacientes, seja qual for o status social deles, relatam as vítimas da médica casca-grossa.