sábado, agosto 27, 2005

Vaidades

A fogueira de vaidades não permite priorizar a população indefesa, a cujos reclamos o secretário especial de Defesa Social, Manoel Santino, retruca com o escárnio do seu faz-de-conta, condizente com quem se revela historicamente deslumbrado com as pompas e circunstâncias do poder, provavelmente por conta de suas origens. Freud explica, como consagra o chiste.

2 Comments:

At 9:11 AM, Blogger WUNDERSCHÖNE said...

COM AS MIGALHAS DO PODER VOCÊ QUER DIZER, POIS O MENCIONADO SENHOR NADA MAIS É QUE UM ESCRITURÁRIO DA POLÍTICA EM UMA TERRA, INFELIZMENTE, DE ANALFABETOS.

 
At 4:18 PM, Blogger açaí said...

analfas podemos ser
alguns nem sabem ver
mas os boches,como dizer
tem mais é que se....

(fim do poema.toda vez é isso.
Barata,o que voce tem contra a
pornografia?)

 

Postar um comentário

<< Home