quinta-feira, setembro 08, 2005

As trapalhadas de Levy 2

Ao ser flagrado em uma colossal mentira, conforme revela o jornalista Carlos Ferreira, em sua coluna na edição desta quinta-feira, 8, de "O Liberal" (www.oliberal.com.br), o presidente do Remo esfarinha, definitivamente, seu capital de credibilidade. E pior, muito pior que isso: ele arrasta o próprio clube para a insensatez das imprudências no trato de questões sérias, para a leviandade que tisna a reputação de uma instituição centenária, para a precipitação e a irresponsabilidade a qual, supostamente, se contrapunha, quando lançado candidato à sucessão de Ubirajara Salgado.
Sabe-se do gosto de Raphael Levy pela notoriedade do cargo, tanto e tamanho que só rivaliza pelo apreço que devota à sesta e à compulsão pelos jogos de azar, mas não há como deixar de cobrar dele, diante dos atuais fatos, um mínimo de respeito à liturgia do cargo. Repita-se, porque verdadeiro, conforme evidencia a devoção da torcida azulina: o centenário Clube do Remo é um monumento do futebol paraense e um patrimônio do esporte brasileiro, seja pelos seus feitos, seja por sua longevidade. Por isso, não pode continuar à mercê da visão tacanha do imediatismo dos arrivistas.
Ignorar um problema não torna inexistente o mesmo. Pelo contrário. Adotar essa postura pode tornar o problema muito maior do que era em sua origem. Logo, convém não ignorar que o resguardo aos direitos dos outros é cláusula pétrea das relações civilizadas. Pretender esquecer, desconhecer, enterrar como indigente esse princípio seria repetir os desmandos que empurarram o Remo para a crise na qual submergiu o clube.
Em uma só palavra, cumpre aconselhar Raphael Levy a cultivar uma virtude simples e singela, chamada compustura. Algo que não exige regras. Bastam modos. Trata-se de algo que se aprende em casa.

1 Comments:

At 10:08 AM, Blogger açaí said...

Se não tem modos é porque não quis
Cota,sua mamãe,bem que tentou.
Senhora educada,caráter com matiz
Levy,rapazinho,cedo se picou
pros lados da burguesia ,se diz.
Com os Black Nights se formou
jogos,mulheres,pobre infeliz.

Agora,presidente do Remo
preocupa Barata e a torcida.
Eu que conheço não temo,
pois tem um conserto, é Alida.
(sua bela e elegante mulher)

(pronto Barata e paroara,sem pornografias e sem preconceitos)

 

Postar um comentário

<< Home