sexta-feira, setembro 09, 2005

Assédio tucano ao PPS

É grande o assédio no Pará do PSDB sobre o PPS, a quem o tucanato está propondo que sirva de abrigo para que tucanos sem grande musculatura eleitoral possam tentar a eleição, em 2006, sem os rigores impostos pelo elevado coeficiente eleitoral dos grandes partidos.
A proposta soou tentadora para setores do PPS, que temem a cláusula de barreira, na esteira da qual deverão desaparecer as legendas sem expressão eleitoral.
Mas há também no partido quem rejeite a idéia, por entender que o PPS – originário do lendário PCB, o Partido Comunista Brasileiro - correria o risco de se ver reduzido a mera legenda de aluguel para os tucanos.