sexta-feira, setembro 30, 2005

Manchetes dos jornais

Manchetes dos jornais desta sexta-feira, 30:

“O Liberal” (PA) – Irregularidade ameaça obras no Pará. (www.oliberal.com.br)

“Diário do Pará” (PA) – Bruna foi morta em ritual de magia negra. (www.diariodopara.com.br)

“O Globo” (RJ) – Vice de Lula muda para o partido do bispo Macedo. (oglobo.globo.com/jornal/)

“Folha de S. Paulo” (SP) – Governo evita abrir sigilo de corretoras. (www1.folha.uol.folha.br.fsp/)

“O Estado de S. Paulo” (SP) – PF pede hoje o indiciamento de 16 por mensalão. (www.estadao.com.br)

“Jornal do Brasil” (RJ) – Aldo negocia o consenso. (jbonline.terra.com.br)

“O Dia” (RJ) – Indisponível no momento. (odia.ig.com.br)

“Correio Brasiliense” (DF) – CPI aponta farsa em empréstimo ao PT. (www2.correioweb.com.br/cbonline/)

“Jornal de Brasília” (DF) – Mais de 50 condomínios na lista do IPTU. (www.jornaldebrasília.com.br/)

1 Comments:

At 2:48 PM, Blogger paroara said...

Diário volta com a manchete da moça assassinada. Bom, ao menos parece que o inquérito não foi engavetado, o que deixa a sociedade mais tranquila.
E há novidades bem interessantes para a polícia no laudo do IML. Dois assassinos, um deles estéril.
Há que buscar as causas da azospermia (ausência de espermatozóide no sêmem), desde as mais comuns... vasectomia, varicocele, caxumba, drogas e outras mais incomuns, como por exemplo... anemia falciforme (comum em afro-descendentes) ou síndromes genéticas (a da trissomia XYY, associa esterilidade, estatura alta, inteligência mais ou menos e... conduta anti-social com propensão a violência e conduta criminosa).
Seria assim interessante pedir um cariótipo (contagem e análise morfológica dos cromossomas) das células existentes no líquido seminal à UFPa, além do DNA.
Continuo pensando que o tal "anjo vingador" está envolvido no crime, podendo ser o segundo psicopata.
Parece que também fizeram um bom trabalho com os computadores, mas espero também que não tenham esquecido da escola, pois, afinal e segundo a imprensa, a moça passava a maior parte do tempo dela por lá, o que aumentava a amplitude e a profundidade de relacionamentos. Alguém deve saber bem mais da vida dupla que ela levava.

 

Postar um comentário

<< Home