segunda-feira, outubro 10, 2005

Aliás

Embora para consumo externo reinem a paz e a harmonia, intramuros seria de profundo mal-estar, para não dizer extremamente tenso, o clima entre os membros da diretoria do Círio, segundo relatos vazados para a imprensa.
No epicentro da discórdia estaria o mandonismo atribuído ao atual coordenador da diretoria, Antônio Flávio Pereira Américo, acusado de prepotente e casca-grossa.