segunda-feira, outubro 10, 2005

Estelionato político

Em véspera de ano eleitoral, era inevitável que o tucanato paraense tentasse obter dividendos políticos da passagem da seleção brasileira de futebol por Belém, onde o time de Carlos Alberto Parreira - já classificado para a Copa da Alemanha - enfrentará a Venezuela.
Mas não precisava chegar a tanto, atribuindo-se a paternidade do que soa como um prêmio de consolação, considerando o nível do adversário e a importância da partida.
Diante das circunstâncias, tentar vender a presença da seleção brasileira de futebol em Belém como um feito político é zombar da percepção e do senso crítico do torcedor.
Chega de estelionato político!

3 Comments:

At 6:42 AM, Blogger 23x8 said...

A tentativa do marketing tucano de transformar o malsinado jatene em herói é ridícula.Pela porta dos fundos será a saída do governador.Seu diário oficioso já está sendo penalizado pela opinião pública.Não vende mais do que a porcaria de seu concorrente.Cada vez menos leitores,cada vez menos crentes.

 
At 4:18 PM, Blogger Jalencar said...

É impressionante a cara-de-pau do Simão/Liberal. A Globo já vinha anunciando a transmissão direta para todo o Brasil, como sempre fez em jogos da Seleção. Aí vem as ORM "esclarecendo" ao povão que foi uma deferência especial do Ricardo Teixeira atendendo solicitação do Governador. Eles fazem isso porque sabem que a audiência da TV Liberal atinge a 90% de desinformados ou semi-analfabetos. Eu pergunto:-
se a Liberal não transmite o jogo, iria por no ar o quê? Ora, ora, seu Jatene; nem todo mundo é idiota.

 
At 7:19 AM, Blogger Aletheios said...

A OCM tem todos os atributos de uma organização mafiosa. É revoltante a falta de ética e tendenciosismo da TV e jornal Liberal, cuja direção se revela impregnada de uma mentalidade colonial, banal e anacrônica. Isso tudo financiado com dinheiro público, pois sem o governo estadual, a "organização" já teria ido para o brejo.

 

Postar um comentário

<< Home