quarta-feira, dezembro 07, 2005

Decretada prisão temporária de ex-governador de MT

Nem sempre a impunidade prevalece, felizmente.
Segundo a Agência Estado, a Justiça Federal determinou a prisão temporária por cinco dias do ex-governador do Mato Grosso Wilmar Peres de Farias, acusado de integrar um esquema de apropriação irregular de terras públicas no Estado. A decisão foi tomada pelo juiz Julier Sebastião da Silva no último sábado, 3, mas somente agora está sendo divulgada à imprensa.
De acordo com o noticiário da AE, as investigações do Ministério Público Federal, o ex-governador participou da montagem de uma rede de laranjas para viabilizar a apropriação de terras públicas através de procurações e transferências de títulos. O pedido de prisão está relacionado com as ações da Operação Rio Pardo, deflagrada no fim do mês passado pela Polícia Federal para combater a invasão, grilagem e desmatamento numa área onde vivem índios isolados, situada em Colniza (MT), na divisa com o Amazonas.